Projetos de Extensão 2020
Ações Educativas em Saúde, Meio Ambiente e Conhecimento Sustentável
Início > Extensão > Projetos > Eixos Temáticos 2020 > Ações Educativas em Saúde, Meio Ambiente e Conhecimento Sustentável
Projetos em 2020:
Atualização da Transmissão e Controle de Endemias na Região do Vale do Aço.

Professor Coordenador: TANIA GONCALVES DOS SANTOS
Curso: Ciências Biológicas

Resumo
A febre maculosa é uma doença parasitária que vem afetando recentemente a área metropolitana do Vale do Aço, com casos fatais. Esta doença possui alta letalidade, o que preocupa agentes de saúde envolvidos na vigilância epidemiológica. O Vale do Aço vem sofrendo nos últimos anos um aumento da incidência de casos de várias doenças endêmicas, dentre elas a febre maculosa brasileira. O objetivo principal deste projeto é promover ações educativas em saúde por meio de intervenções para a profilaxia e o controle da FMB na região metropolitana do Vale do Aço. Por meio da integração das disciplinas: Biologia Parasitária, Práticas Integradas em Biologia e Diversidade e Sistemática Animal II e os projetos de extensão e pesquisa, os alunos do curso de Ciências Biológicas desenvolverão ações de confecção de materiais e treinamento, para a capacitação e atualização em epidemiologia, manejo e controle de vetores da febre maculosa, para alunos e professores da rede pública e particular de ensino da região, assim como para a comunidade atendida pelo Unileste. Essas ações serão promovidas nas escolas e em eventos que englobem o maior número de participantes das comunidades adjacentes.

Avaliação e Promoção da Alfabetização em Saúde nos Serviços de Saúde Oferecidos pelo Unileste

Professor Coordenador: MARY LEE DOS SANTOS
Curso: Fisioterapia

Resumo
O tema da alfabetização em saúde (AS) desfruta hoje de grande evidência no cenário internacional; no Brasil, no entanto, ainda é objeto de raros estudos. É possível avaliar o nível de alfabetização em saúde de uma população e conhecendo-o adotar medidas que possam contribuir para harmonizar o entendimento individual com as prescrições e recomendações terapêuticas, minimizar o risco para os pacientes e melhorar as suas condições de saúde. No cenário internacional existem ferramentas como o Short Test of Functional Health Literacy in Adults – STOFHLA e o REALM-R que vêm sendo usadas com sucesso há mais de uma década, com o objetivo de identificar o nível de alfabetização em saúde das populações estudadas. Tais ferramentas - a despeito de sua comprovada eficiência - estão gradualmente sendo substituídas por versões online, de fácil utilização, acesso e resolução e também em consonância com o registro eletrônico vigente na área da saúde na atualidade. Nos últimos 2 anos este projeto de extensão desenvolveu uma ferramenta para avaliar a alfabetização em saúde que permite determinar o ponto de partida das ações de educação, orientação e treinamento, propostas nesta atual fase do projeto e que caracterizam a fase de "promoção" da AS.

Conscientizar para Preservar

Professor Coordenador: ALICE ARANTES CARNEIRO
Curso: Ciências Biológicas

Resumo
A educação pública no Brasil requer mudanças urgentes para melhorar a qualidade do ensino. Aliada a questão educacional, a degradação do meio ambiente tem levado a uma crescente crise ambiental. Isso obriga a adoção de uma nova visão sobre o uso do ambiente e conscientização da sociedade. O projeto apresenta forte articulação com a comunidade, atendendo a uma demanda externa de cerca de 5800 pessoas no ano de 2019. Participou de ações extensionistas promovidas pelo Unileste, como Empreender Social, entre outras e de Congressos Nacionais e Regionais com publicação de trabalho. O projeto continuará promovendo a interface entre extensão, ensino e pesquisa pois os alunos do curso de Ciências Biológicas irão participar de atividade de ensino (aulas de campo e práticas), referente às disciplinas cursadas no ano de 2020, onde serão desenvolvidas atividades de pesquisa e investigação sobre a qualidade ambiental, levantamentos faunísticos, análise de comportamento animal e avaliação da qualidade da água e de impactos ambientais nos locais de estudo: Parque Estadual do rio Doce – PERD, Lagoa Silvana, Centro de Biodiversidade da Usipa – CEBUS e RPPN –Fazenda Macedônia. A partir dos dados os alunos irão produzir relatórios, além de material didático e lúdico, que serão apresentados nos respectivos campos de estudo e em escolas parceiras da região em eventos extencionistas promovidos tanto pelo Unileste, como pelo curso de Ciências Biológicas.

Despertar Saberes

Professor Coordenador: IVANISE CAROLINE SILVA DOS SANTOS
Curso: Fisioterapia

Resumo
Acreditando que para encontrar o melhor caminho na formação profissional faz-se necessária certa segurança, disponibilidade e muito comprometimento e também, que o contato com o outro é fundamental para que cada um perceba a si próprio, propomos a inserção do discente/calouro no campo de atuação como forma de introdução à Fisioterapia, associada à disciplina Vivencia Profissional. Em complementação, sugere-se a introdução de discentes veteranos como tutores dos calouros a fim de desenvolverem habilidades de gestão de projetos e também de pessoas.Partindo desses princípios e considerando que todo saber é importante, o projeto “Despertar Saberes” pretende aflorar saberes prévios dos discentes que buscarão compreender os saberes dos indivíduos acolhidos. Devido à inexperiência técnica, os calouros serão incentivados a esse primeiro contato através do “ouvir”, e aos poucos transformarão essa ‘escutatória’ em investigação. Ou seja, propõe-se promover a interpretação de um indivíduo através de sua fala, para que assim, possamos dar partida no processo investigativo que fundamentará posteriormente o diagnóstico fisioterapêutico. Em paralelo, os tutores poderão acompanhar todo processo aplicando conhecimentos técnicos adquiridos ao longo do curso tanto do ponto de vista fisioterapêutico como de gestão.Ao acolher as pessoas que transitam em busca de assistência numa UBS, pretende-se colaborar com a formação de identidade nos dois sentidos, Discente - Usuário e vice-Versa.

Educação no trânsito

Professor Coordenador: MARLUCE TEIXEIRA ANDRADE QUEIROZ
Curso: Engenharia Mecânica

Resumo
Diversos motoristas e pedestres descumprem normas de circulação. As estatísticas do Departamento Nacional do Trânsito (DENATRAN) comprovam que o número de acidentes vem crescendo de modo alarmante. Além disso, evidenciam a prevalência de morbimortalidades entre jovens, afetando indivíduos no auge da força produtiva. O panorama aponta à necessidade da aplicação de medidas mitigadoras que não devem ser limitadas apenas as campanhas de educação no trânsito, porém contribuindo efetivamente com a formação dos cidadãos através de ações reflexivas. Nesse contexto, o Unileste assume a responsabilidade social em relação à Região Metropolitana do Vale do Aço, Minas Gerais, Brasil, de contribuir com medidas atenuantes para reduzir as taxas de freqüência e gravidade dos acidentes de trânsito. O público alvo é formado por alunos de escolas públicas e particulares, e também, trabalhadores dos diversos empreendimentos econômicos da região. A dinâmica de atuação incorpora o desenvolvimento de oficinas educativas sobre em relação às normas de circulação no trânsito, primeiros socorros, importância da manutenção preditiva e preditiva nos sistemas elétricos e mecânicos. Os instrumentos pedagógicos incluem exposições dialogadas, jogos didáticos e atividades lúdicas estimulando habilidades dos capacitados, sendo a vida o foco basilar primordial. Pretende-se oportunizar o embasamento dos atores sociais estimulando a cidadania através de educação motivadora, em leque diversificado de situações.

Emergências Odontológicas

Professor Coordenador: AUDREY CRISTINA BUENO
Curso: Odontologia

Resumo
Emergência odontológica pode ser entendida, como medidas rápidas de atendimento que tem por objetivo aliviar os sintomas dolorosos, infecciosos da cavidade bucal. Essa condição que apresenta o paciente deve, portanto, ser tratada de forma iminente e normalmente envolvem quadros severos de dor que geram desconforto físico e emocional nos pacientes podendo levar ao afastamento laboral, escolar e baixa na qualidade de vida.. O diagnóstico executado de maneira criteriosa é de fundamental importância para escolha da conduta clínica e resolução do quadro até que o tratamento definitivo seja realizado. O objetivo do projeto de extensão será atender a população da cidade de Ipatinga e cidades vizinhas nas suas necessidades de atendimento de urgências odontológicas. Os alunos irão aplicar o conhecimento adquirido nas disciplinas básicas e específicas da odontologia promovendo alívio de dor, restabelecendo a estética e a função mastigatória dos pacientes.

ENFERMAGEM ASSISTINDO PESSOAS NAS DOENÇAS E AGRAVOS NÃO TRANSMISSÍVEIS EM SAÚDE

Professor Coordenador: VIRGINIA MARIA DA SILVA GONCALVES
Curso: Enfermagem

Resumo
As doenças crônicas não transmissíveis (DANT’s) são consideradas hoje as principais causas de mortes no mundo. O enfrentamento destes agravos que combinam dois grupos de eventos: as doenças crônicas não transmissíveis – DCNT (como as cardiovasculares, neoplasias, respiratórias crônicas e diabetes) e as causas externas (acidentes e violências) representam a maioria das causas de morbimortalidade no mundo e no Brasil, além de resultarem em mortes prematuras, incapacidades, perda da qualidade de vida e importantes impactos econômicos. O aumento da carga de DCNT afeta mais as pessoas de baixa renda e reflete os efeitos negativos da globalização, das desigualdades no acesso aos serviços de saúde, da urbanização rápida, da vida sedentária e da alimentação com alto teor calórico e do marketing que estimula o uso do tabaco e do álcool. No caso das violências existem sólidas evidências que destacam as desigualdades associadas aos recortes de gênero, raça/cor, baixa escolaridade e renda, pessoas com deficiência, crianças e idosos, dentre outros, populações estas que devem ser priorizadas em políticas públicas de promoção da equidade. Deste modo, os profissionais de saúde devem estar capacitados para atender às demandas e desenvolver ações que contribuam para promover a saúde e qualidade de vida. O projeto objetiva desenvolver atividades educativas individuais/coletivas acerca dos cuidados de saúde à população, de modo a reduzir a incidência de doenças e agravos não transmissíveis, tendo como base a intervenção em saúde com ações diversificadas de promoção da saúde de crianças, adolescentes, adultos e idosos; desenvolver a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) incluindo a coleta de dados, raciocínio crítico e clínico dos problemas encontrados, elaboração dos diagnósticos de enfermagem, implementação da assistência e avaliação dos resultados; desenvolver atividades educativas individuais/coletivas; realizar orientações sobre temas relativos à saúde no Unileste e extramuros; atuar sobre as demandas de saúde, sobretudo dos que residem nas proximidades do Campus do Unileste de Ipatinga e capacitar discentes através de encontros presenciais, utilizando instrumentos e técnicas de práticas educativas específicas. O público alvo são os adultos, crianças, adolescentes e idosos dos serviços de saúde da atenção primária e secundária, do setor corporativo (saúde do trabalhador) e em outros espaços coletivos da comunidade geral, usuários dos serviços de saúde e residentes das ILPI’s da região do Vale do Aço. O projeto está intimamente vinculado às atividades da disciplina Saúde do homem, do adulto e do idoso, saúde da criança e do adolescente do curso de enfermagem, bem como apresenta interlocução com os conteúdos e práticas de outras disciplinas do curso como SAE, Práticas educativas e Saúde mental. As atividades do projeto são desenvolvidas através do contato direto entre discentes e a população, portanto permitem que o discente realize associação entre a teoria e a prática do cuidado de enfermagem. As ações partem da análise e problematização da realidade observada no contexto da saúde.

Física Divertida

Professor Coordenador: ERIK DE OLIVEIRA MARTINS
Curso: Engenharia Mecânica

Resumo
O projeto é uma iniciativa de professores do curso da Escola Politécnica que visa à interlocução com o ensino fundamental e médio, atuando em dois segmentos articulados: na formação continuada de professores de Ciências e tecnologias e na preparação de alunos do ensino básico para o desenvolvimento de habilidades cognitivas relacionadas à área de conhecimento da Física e Matemática e suas aplicações quotidianas, com vistas a um maior interesse em tecnologia, física e inserção na educação superior. O projeto pretende, ainda, motivar os alunos para dar continuidade aos estudos, na educação superior, uma vez que, no Vale do Aço, a partir da análise de dados do Censo Educacional, 55% dos alunos concluintes do ensino médio, não se inserem, imediatamente, na educação superior.

MAGIA DA QUÍMICA

Professor Coordenador: RICARDO FRANCA FURTADO DA COSTA
Curso: Engenharia Química

Resumo
O objetivo desse projeto é usar o lado lúdico dos conhecimentos em química para despertar em estudantes do ensino fundamental o interesse por ciências, em alunos do ensino médio o interesse pelos conteúdos de química e levar à população conhecimentos práticos que possam ajudá-los no dia-a-dia, através de experimentos, conversas e explicações dos fenômenos. Nesse projeto, os graduandos dos cursos de engenharia produzirão roteiros de experimentos, utilizando substâncias do dia-a-dia, que serão utilizados na execução das atividades. A realização das atividades envolverá parcerias com os professores de ciências e de química, buscando uma relação com o conteúdo teórico ministrado em sala de aula, além de envolver os alunos das disciplinas de química e materiais e laboratórios de física e química, que terão como uma das atividades destas disciplinas, propor e realizar atividades junto com outros alunos extensionistas, sendo atribuído pontos por esta atividade na disciplina do curso. Vale ressaltar que o projeto pode ser desenvolvido com recursos próprios, com materiais alternativos, encontrados facilmente no comércio e em casa.

MATEMÁTICA EM AÇÃO ARTICULADO NA EDUCAÇÃO

Professor Coordenador: LILIAN GIVISIEZ PEREIRA
Curso: Engenharia Mecânica

Resumo
O Projeto é uma iniciativa dos professores do Núcleo de Matemática da Escola Politécnica e do curso de Pedagogia do Unileste que visa a interlocução com a Educação na preparação de alunos do Ensino Médio e Fundamental para o desenvolvimento de atividades cognitivas relacionadas às áreas de conhecimento da Matemática e suas tecnologias com uso de objetos de aprendizagem e linguagens de programação.

MONITORAMENTO DAS AÇÕES DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DE SUB-BACIA DO RIBEIRÃO IPANEMA

Professor Coordenador: MARCILIO DOS REIS CARDOSO
Curso: Engenharia Civil

Resumo
Trata-se de um projeto que monitora as ações de recuperação de parte de uma sub-bacia do Ribeirão Ipanema (Área de 0,86 Ha). Esta recuperação ambiental, iniciada em Ago/2016, está sendo realizada pela Celulose Nipo-Brasileira S.A - CENIBRA, com o apoio e parceria do Centro Universitário do Leste de Minas – Unileste.O processo de recuperação aqui tratado, em essência, objetiva o resgate da qualidade ambiental da área por meio do plantio e conservação de espécies nativas da região. Nesse processo cabe à CENIBRA, a execução das atividades de campo e ao UNILESTE, cabe o monitoramento dessas atividades, bem como o apoio à CENIBRA, no que se refere a demandas técnicas inerentes ao processo.

Planejamento energético e análise de otimização da eficiência da utilização de lâmpadas a LED de alta performance e eficiência energética em setores públicos e privados do vale do aço

Professor Coordenador: MÁRCIO JOSÉ DE CASTRO JUSTINO
Curso: Engenharia Civil

Resumo
No cotidiano em que vivemos em que as pessoas e as grandes instituições têm se voltado a otimização dos recursos relacionados a energia elétrica, o estudo da otimização é aplicado na resolução de problemas dos mais variados tipos e áreas de conhecimento. Uma das análises deste domínio é observada na dificuldade dos profissionais da área em encontrar soluções ótimas para os problemas reais com os quais se defrontam. Nessa busca por geração sustentável de energia temos a criação e desenvolvimento tecnológico de produtos com elevado índice de eficiência energética, altos rendimentos com consumos cada vez mais baixos. Os LED’s, diodo emissor de luz, podem ser citados como exemplo para tal ocorrência. E mais recentemente cita-se o uso de LED’s de alto rendimento que apresentam maior luminosidade, quando comparados aos LED’s anteriores, e consumo bem mais baixo. Neste projeto de extensão, pretende-se desenvolver uma pesquisa bibliográfica a cerca do panorama energético de instituições em que necessitam reduzir seu custo mensal/anual de pagamento em energia elétrica. Após a realização dos estudos para utilização dos LED’s para diminuir o consumo energético, também será oferecido caso necessário mudanças como tipo de ar-condicionados mais eficicentes e entrou equipamentos elétricos que os alunos de engenharia da disciplina de Instalações Elétricas e Prediais e alunos bolsistas BIC e BIC Júnior, este será utilizado em residências/instituições “carentes” da comunidade do vale do aço vo

Projeto Campanhas

Professor Coordenador: CRISTIAN DE SOUZA FREITAS
Curso: Fisioterapia

Resumo
As campanhas educativas visando à prevenção de doenças e promoção da saúde constituem uma das grandes preocupações de saúde pública e da saúde coletiva em diversas áreas. No Brasil, a cada ano são elaboradas campanhas com os mais variados temas, com abordagem em TV e rádios. O contato direto com a população como forma de eficiência destas campanhas se mostra como uma estratégia importante da disseminação do conhecimento e da proposta educativa para transformação do indivíduo. Alguns exemplos podem ser citados como: 31 de maio (Dia Mundial sem Tabaco), 29 de agosto (Dia de Combate ao Fumo) e 27 de novembro (Dia de Combate ao Câncer). Nestas datas são elaboradas intervenções em lugares de grande circulação, como praças ou estações de metrô das grandes metrópoles brasileiras. Nessas ocasiões, as metodologias são cartazes, folders e símbolos que procuram demonstrar os males causados ao indivíduo. Sua intenção é mobilizar a sociedade para participar da prevenção e intervir de forma dinâmica, suscitando o questionamento e, consequentemente, a mudança de comportamento. Considerada a finalidade básica de uma campanha, qual seja, a de divulgar conhecimentos acerca dos mais variados temas, com os propósitos de desenvolver a consciência sobre os temas e apresentar a oportunidade de contatos sociais com a comunidade, podendo gerar uma atitude vigilante que permita reconhecer e corrigir condições, hábitos e práticas que possam provocar males à saúde.

Projeto extensão: Projeto de aquecedor solar de baixo custo para utilização em residências da comunidade do vale do aço

Professor Coordenador: MÁRCIO JOSÉ DE CASTRO JUSTINO
Curso: Engenharia Mecânica

Resumo
Propõe-se o desenvolvimento de um protótipo de um aquecedor que seja capaz de aquecer a água através da radiação solar. O sistema deverá ser composto por um reservatório e um coletor solar. A água fria, introduzida no reservatório, deverá fluir naturalmente pelo coletor solar e retornar aquecida para o reservatório utilizando de fontes de energia que seja a radiação solar. Após a realização dos estudos dos materiais de baixo custo e a realização de um protótipo pelos alunos de engenharia e alunos bolsistas BIC e BIC Júnior, este será utilizado em residências “carentes” da comunidade do vale do aço, adotando escolha de necessidade na parte econômica.

SAÚDE + EDUCAÇÃO: educação em saúde na escola e comunidade

Professor Coordenador: THAMARA DE SOUZA CAMPOS ASSIS
Curso: Enfermagem

Resumo
Por meio da articulação saúde e educação, é possível mudar realidades e transmitir conhecimento a fim de diminuir os riscos a saúde da população. Este projeto tem como objetivo promover a saúde em escolas e espaços comunitários, nesses espaços de educação em saúde serão realizados encontros e oficinas relacionados às condições de vida e saúde, para melhora da qualidade de vida.

Saúde Mental de Estudantes: da prevenção à promoção

Professor Coordenador: STELA MARIS BRETAS SOUZA
Curso: Psicologia

Resumo
Este projeto pretende fomentar a prevenção e promoção de saúde mental entre estudantes do Vale do Aço, através de ações em 4 níveis: palestras e/ou vídeos educativos; oficinas de desenvolvimento de habilidades de enfrentamento; plantão psicológico e encaminhamento para a rede de apoio, nos casos de adoecimento, especialmente para o CAP. Pretende-se envolver alunos do curso de Psicologia com parceria de 2 docentes. Para os discentes envolvidos será uma oportunidade de relacionar teoria e prática, bem como pesquisar fenômenos psicológicos. O Projeto Integrador do 5º período de psicologia será envolvido. Almeja-se que estas intervenções possam funcionar como fator de proteção aos estudantes, prevenindo possíveis adoecimentos mentais e minimizando o sofrimento mental, além de servir como modelo para outras instituições escolares, através de publicações e apresentações em congressos.

SORRISO SAÚDE

Professor Coordenador: MAURICIO RODRIGUES MARIANO JUNIOR
Curso: Odontologia

Resumo
Proposta a detectar, diagnosticar e o tratar a halitose e suas causas na população ,inclui também a população institucionalizada( população carcerária, APAE, e outras instituições).Trabalhar com as pessoas que possui a necessidade do atendimento clínico odontológico . È proposto a participação dos alunos da graduação do Curso de Odontologia realizando a orientação sobre os cuidados com a saúde bucal e o atendimento clínico, acom-panhado pelo professor . O critério de seleção é estar cursando ou ter cursado a disciplina Fundamentos de Periodontia e Endodontia. Serão disponibilizadas 24 vagas para os candidatos e a seleção ocorrerá através de entrevista e avaliação do histórico escolar. A proposta de duração do projeto é de 12 meses e com uma carga horária semanal de 1 horas.Espaços necessários para a realização do projeto: clínica odontológica, escovódromo, teórica. Como funcionará: 1 – O paciente que manifestar o interesse em ser atendido passará por uma triagem inicialmente e raspagem supra gengival e polimento coronário. 2– Será agendada uma palestra de apresentação e educação em saúde bucal com o grupo de pacientes que iniciam a participação no projeto. 3 – Em seguida será agendada uma consulta para avaliação clínica da presença de halitose. Desse momento em diante os atendimentos são semanais e envolvendo atendimento clínico e palestras até que encerre o tratamento. Assim que obter alta após 3 meses o paciente será chamado para uma reavaliação.




© 2020 UNILESTE - Todos os direitos reservados

Campus Coronel Fabriciano: Av. Tancredo Neves, 3500, B. Universitário, 35170-056 - (31) 3846-5500
Campus Ipatinga: Rua Bárbara Heliodora, 725, Bom Retiro, 35160-215 - (31) 3846-5500