Produção interdisciplinar do Unileste discute as condições ambientais e segurança em reservatório hidrelétrico
Publicado em 09/03/2019

Um grupo de pesquisadores do Unileste integrará o volume 14, número 1 de 2019 da Revista Sistemas & Gestão – Universidade Federal Fluminense (UFF). Nessa edição, será publicado o artigo técnico “Avaliação do Índice de Estado Trófico e Parâmetros de Qualidade da Água no Reservatório da Usina Hidrelétrica de Sá Carvalho, Minas Gerais, Brasil”, de autoria da docente Marluce Queiroz e dos egressos Carolina Andrade, Felipe Andrade e Gildayne Benigno.

A professora Marluce Queiroz, docente dos cursos de engenharia e coordenadora da Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho, destaca que o estudo é proveniente de pesquisa interdisciplinar integrando informações, perspectivas, conceitos técnicos de áreas distintas do conhecimento científico. Desse modo, foi possível realizar abordagens teórico-metodológicas, contribuindo com a formulação de novos paradigmas pertinentes à investigação da qualidade da água e sua relação com a segurança ambiental.

A coautora egressa do Curso de Engenharia Sanitária Ambiental, Gildayne Benigno destaca que as pesquisas “evidenciaram a relevância do efeito do escoamento superficial com grande carga de sedimentos provenientes de áreas agrícolas e resíduos sólidos dispostos, inadequadamente, próximos às margens do rio Piracicaba”. Além disso, ela reforça que a hipsometria e o lançamento de esgoto doméstico sem tratamento diretamente no corpo hídrico por fontes difusas também oportunizavam a elevação dos teores de nutrientes nas águas do reservatório favorecendo as condições tróficas.

O coautor egresso do Curso de Direito, Felipe Andrade, relata que sua participação se relacionou com a discussão das práticas que são adotadas pela empresa para viabilizar o acesso da comunidade às informações sobre o barramento. “Trata-se de direito fundamental numa sociedade democrática”, afirma.

A coautora egressa do Curso de Engenharia de Segurança do Trabalho, Carolina Andrade, afirma que sua contribuição se relacionou com a identificação e mapeamento dos riscos a que estão submetidas às áreas de entorno do reservatório da usina hidrelétrica através de análise documental e cartográfica que explicitaram condições adequadas relacionadas com a valorização da segurança da barragem. “É importante destacar que os planos de emergência e recuperação devem ser verificados e revisados periodicamente para mitigar os riscos relacionados com os barramentos hidrelétricos”, reforça.


© 2018 UNILESTE - Todos os direitos reservados

Campus Coronel Fabriciano: Av. Tancredo Neves, 3500, B. Universitário, 35170-056 - (31) 3846-5500
Campus Ipatinga: Rua Bárbara Heliodora, 725, Bom Retiro, 35160-215 - (31) 3846-5500