Unileste recebe debate sobre procedimentos para comercialização de produtos de uso veterinário
Publicado em 16/05/2019

O Unilste recebeu na noite desta quarta-feira (15), encontro promovido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CMV-MG) e Instituto Mineiro de Agropecuária (AMA) para debater sobre a Instrução Normativa que passa a obrigar a notificação de receita para medicamentos controlados. Estiveram presentes representantes do Conselho, profissionais da AMA, médicos veterinários da região e estudantes do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário.

Segundo o médico veterinário e delegado do Conselho Regional de Medicina Veterinária em Ipatinga, Rômulo Edgar, a IN nº 55, publicada pelo Ministério da Agricultura em 2017, é um assunto importante para a atuação do médico veterinário. “Esse encontro visou instruir os profissionais. Uma forma de tentarmos controlar esse mercado, principalmente porque são medicamentos perigosos para saúde humana e às vezes são usados indevidamente. Além disso, foi uma oportunidade também de valorizar o profissional veterinário por meio dessa reunião”, avalia.

 A iniciativa, fruto das ações de formação continuada do Conselho, contou com falas do delegado e do assessor técnico do CMV-MG, Rômulo Edgar e Messias Lôbo, e da coordenadora de uso de produtos veterinários do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Patrícia Maluf. De acordo com o coordenador do curso de Medicina Veterinária, Marcos Vinícius Rodrigues, a participação dos estudantes foi importante para o processo de formação dos futuros médicos veterinários: “foi um momento oportuno, pois os alunos se atentaram para este novo regulamento, ficaram cientes de todos os processos e legislações envolvendo a atuação profissional, tanto para a prescrição de medicamentos restritos, cadastros, ou até mesmo para realização da compra desses medicamentos, entre outras atividades”, aponta.

IN55

A partir de agosto de 2019, a notificação para medicamentos controlados, de uso veterinário, será obrigatoriamente emitida pelo Sistema Eletrônico Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários (Sipeagro), por meio site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A Instrução Normativa é válida para fabricantes, armazenadores, comerciantes, manipuladores, distribuidores, exportadores e médicos veterinários. Na lista de medicamentos de controle, foram introduzidas substâncias importantes do ponto de vista de saúde pública e retiradas as que não apresentam risco que justifique a sua manutenção na categoria de controlados.

“A nossa missão nesse encontro foi passar aos profissionais e estudantes a legislação, um momento bastante oportuno diante da nova norma. Nós precisamos discutir e alinhar para que realmente haja o controle da venda de substâncias sujeitas a esse controle especial”, declara a coordenadora do IMA, Patrícia Maluf. O assessor técnico do CMV-MG, Messias Lôbo, também salientou a aproximação da classe com a organização de encontros como esse e sobre a as atividades de capacitação contínua promovidas pelo órgão: “Ações como essa nos deixa mais próximos dos profissionais na região e permite o compartilhamento do conhecimento e a formação continuada dos médicos veterinários”, finaliza.


© 2018 UNILESTE - Todos os direitos reservados

Campus Coronel Fabriciano: Av. Tancredo Neves, 3500, B. Universitário, 35170-056 - (31) 3846-5500
Campus Ipatinga: Rua Bárbara Heliodora, 725, Bom Retiro, 35160-215 - (31) 3846-5500