A tendência do home office e dicas sobre como se organizar e manter produtividade
Publicado em 24/04/2020

Com o início do isolamento social, medida preventiva à Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus), o número de brasileiros que passaram a trabalhar em casa sobe e a organização do local e rotina de trabalho, assim como a produtividade, requer atenção dos profissionais que se encontram nessa modalidade.

De acordo com a psicóloga e coordenadora da área de Gestão de Pessoas do Centro Universitário Católica do Leste de Minas Gerais (Unileste), Thaís Mourão, 41% dos colaboradores da Instituição passaram a atuar em home office (trabalho em casa), a fim de evitar a circulação e aglomeração de pessoas, principalmente daqueles colaboradores que utilizam o transporte público, possuem crianças pequenas ou integram o grupo de risco da doença.

Para a coordenadora, “o home office é uma tendência e já era uma prática comum em grandes centros urbanos. Mas vale ressaltar que não é uma modalidade aplicável a todos os segmentos, profissionais e empresas, já que algumas tarefas exigem a presença de colaboradores e/ou a interação presencial”, ressalta. Só no Brasil, segundo do IBGE, entre 2017 e 2018, a expansão da prática aumentou 21,1% e a previsão é que em 2020 esse número possa subir até 30%, de acordo com o pesquisador André Miceli, diretor executivo da Infobase. Para ele, a medida emergencial do home office deve provocar mudanças nas culturas organizacionais, mesmo após o término do isolamento social.

Para manter a gestão das atividades exercidas e o contato constante com os seus colaboradores, empresas de todo o país utilizam aplicativos de gerenciamento de tarefas, webconferências, de mensagens, entre outros para superarem a distância física.

Mas e para os profissionais em home office, como fazer para reorganizar a rotina de trabalho, evitar distrações e obter resultados positivos com essa experiência? Thaís Mourão preparou sete dicas para que os trabalhadores em atividade remota não percam a rotina de escritório e mantenham a produtividade:

  • Reserve e prepare um ambiente da casa que esteja livre de interrupções.
  • Elimine distrações como a TV e interrupções por outros membros da família. Lembre-se de comunicar aos seus familiares que estará em horário de trabalho e que não poderá ser interrompido.
  • Mantenha a rotina normal com os horários de início e término da jornada de trabalho e lembre-se de realizar pausas para as refeições.
  • Estabeleça metas diárias e semanais.
  • Realize um planejamento com as suas demandas, por ordem de prioridade, do dia ou da semana.
  • Elabore checklist e ao final do dia revisite-o.
  • Mantenha contato com sua equipe de trabalho por meio de aplicativos de mensagens, videoconferências, dentre outros.

Diante deste cenário de pandemia, no qual as incertezas predominam e mudanças acontecem a todo o momento, mais do que nunca, uma competência profissional que muito tem sido discutida nos últimos anos precisa ser demonstrada: a empatia.

“Cada pessoa reage de uma forma diferente aos acontecimentos e este tem sido um momento de adaptação e ressignificação para todos. Portanto, tanto o desenvolvimento da inteligência emocional quanto a humanização nas relações de trabalho devem ganhar espaço dos dias atuais para que a empatia possa predominar”, finaliza.


© 2020 UNILESTE - Todos os direitos reservados

Campus Coronel Fabriciano: Av. Tancredo Neves, 3500, B. Universitário, 35170-056 - (31) 3846-5500
Campus Ipatinga: Rua Bárbara Heliodora, 725, Bom Retiro, 35160-215 - (31) 3846-5500